28 de fev de 2013

Obedecendo ao chamado de Deus.

Não diga que você é incapaz de atender ao chamado de Deus para a sua vida. Não diga que é muito jovem, muito velho, que é pouco eloquente ou que é tímido demais para isso. Se o Senhor te chamou, não deve haver desculpas. É Ele que irá suprir cada necessidade.

Jeremias se dizia jovem demais para atender ao chamado de profeta no qual Deus o designou: "Ah, Soberano Senhor! Eu não sei falar, pois ainda sou muito jovem." (Jeremias 1:6). Moisés, por sua vez, sentia-se incapaz de falar ao povo: "Ó Senhor! Nunca tive facilidade para falar, nem no passado nem agora que falaste a teu servo. Não consigo falar bem!" (Êxodo 4:10). Mas quando Deus escolhe, Ele também capacita. Deus disse à Jeremias: "Não tenha medo deles, pois eu estou com você para protegê-lo, diz o Senhor. O Senhor estendeu a mão, tocou a minha boca e disse: "Agora ponho em sua boca as minhas palavras." (Jeremias 1:8-9). Da mesma forma, Deus também capacitou Moisés: "Agora, pois, vá; eu estarei com você, ensinando-lhe o que dizer". (...) "Você não tem o seu irmão Arão, o levita? Eu sei que ele fala bem. (...) Você falará com ele e lhe dirá o que ele deve dizer; eu estarei com vocês quando falarem, e lhes direi o que fazer." (Êxodo 4:12,14-15).
Tome como exemplo Davi também, um simples pastor de ovelhas que matou o gigante Golias. Repare no quanto esse servo de Deus foi usado em Sua obra!
Deus não olha a aparência, não olha posição social, idade, nem sequer suas limitações. Outro ponto que pode tentar paralisar um ministério, é o pecado. Isaías ficou atemorizado no momento do seu chamado por ser um homem de lábios impuros. Saulo, posteriormente Paulo, era um perseguidor dos cristãos da igreja primitiva e estava longe de ser um provável servo de Deus. Mas veja que nos dois casos, Deus os purificou! E então purificados, deram início a dois grandes ministérios cheios da unção e da autoridade de Deus! Isaías teve os lábios purificados por um anjo com uma brasa viva  (Isaías 6:6-7), Saulo, passou a ver, no momento em que as escamas caíram de seus olhos, e então foi batizado. (Atos 9:18). A Bíblia diz que as trevas cegam o homem (1 João 2:11), logo, quando as escamas caem dos olhos de Saulo, ele está na luz.

O nosso coração jamais encontrará plenitude enquanto não cumprirmos o chamado e o propósito do Senhor para as nossas vidas. Hoje entendo o porque de quando eu estava no mundo, sentir um vazio tão grande. É mais ou menos assim: Você se produz, sai de casa, se diverte com seus amigos, mas quando você volta para casa, aquele sentimento de vazio volta a te preencher. É inevitável. Ou então, num um belo dia você está tranquilo, cumprindo o curso habitual da vida, e então no trabalho, você se pega pensando no que está fazendo ali, e no quanto aquilo não te completa. Sem Jesus não há felicidade! Nem mesmo realização, satisfação, cumprimento da sua essência, dos sonhos de Deus para a sua vida.
Deus disse à Jeremias que o escolheu antes de formá-lo no ventre (Jeremias 1:5), e foi assim também com você, querido! Você não é simplesmente mais um no mundo. Você veio para temperar o mundo com sal e para ser luz do mundo! Você é assim, - do jeito que você é, - com suas habilidades, dons, limitações e capacidades; justamente porque Deus permitiu, e para que com aquilo que você tem e mais aquilo que Ele tem a te oferecer, você possa servi-lo! Eu não conheço um ser humano sequer que não possua ao menos um dom evidente. Todos nós temos características e habilidades natas e devemos usá-las para a glória de Deus!

Que possamos ter um coração sensível para ouvir ao chamado que Deus tem para cada um de nós. E que possamos todos dias, dizer como disse Isaías, "Eis me aqui, Senhor! Usa-me! (Isaías 6:8).

27 de fev de 2013

Versículo do dia


"Os que com lágrimas semeiam, com júbilo colherão. Quem sai andando e chorando enquanto semeia voltará com alegria, trazendo seus bons tesouros." (Salmos 126: 5-6).

8 de fev de 2013

Jesus e a obediência.

Ninguém nos disse que seria fácil obedecer. E se porventura alguém o disse, o fato é que não estava com a razão. Renunciar dói, tomar um rumo diferente do esperado dói, ter o caráter provado e mudado por Deus também dói demais. Mas diante de toda a dor, há um grande exemplo no qual podemos nos apoiar: Jesus. Jesus disse: "Porque eu desci do céu, não para fazer a minha vontade, mas a vontade dAquele que me enviou." (João 6:38). Outra vez, o próprio Jesus, ao sentir-se aflito diante da obra que Ele estava por fazer, orou assim: "...Afasta de mim esse cálice, não seja, porém, o que eu quero, mas o que Tu queres." (Marcos 14:36). Jesus é o maior modelo de renúncia, é o maior modelo de humildade, é o maior modelo de doação, entrega, sacrifício.... e obediência! Sim, obediência! 
De fato, as consequências da obediência em momentos iniciais, pode parecer motivo apenas de tristeza e pesar. Mas compare à Jesus, Ele pensou além... Ele abriu mão de Sua posição de Rei, Poderoso, Soberano sobre todas as coisas, e assemelhou-se a nós. E pior, foi ainda julgado e humilhado por homens como nós... Quanta entrega, quanta obediência! Irmãos, se Jesus conseguiu, você também vai conseguir! 
Não pense que não vai ter forças... Ele te fortalece! Não pense que não vai conseguir... Ele te capacita! Não se revolte, não se magoe, não se decepcione... Apenas louve. Isso mesmo. À mim, tem funcionado. As vezes se torna difícil orar, as vezes estou tão inquieta que definitivamente não sei o que fazer, então eu exalto o Grandioso Nome do Senhor! Experimente. Ele é contigo! Glória a Deus!

Pois Tu ó Deus, nos provaste; Tu nos afinaste como afina a prata.Tu nos puseste na rede; afligiste os nossos lombos, Fizeste com que os homens cavalgassem sobre as nossas cabeças; passamos pelo fogo e pela água; mas nos trouxeste a um lugar espaçoso. Entrarei em tua casa com holocaustos; pagar-te-ei os meus votos, os quais pronunciaram os meus lábios e falou a minha boca, quando estava na angústia. (Salmos 66: 10-14).

Clame, a vitória é certa... porque a vitória é do Senhor dos Exércitos que age em teu favor!