8 de mar de 2013

Seja um exemplo para os fiéis.

Enquanto eu escutava, ele disse aos outros: "Sigam-no por toda a cidade e matem, sem piedade ou compaixão, velhos, rapazes e moças, mulheres e crianças. Mas não toquem em ninguém que tenha o sinal. Comecem pelo meu santuário." (Ezequiel 9:5-6) (NVI).

Estes versos, tratam da ordem de Deus sobre anjos, para que executassem julgamento contra Jerusalém. O povo tinha pecado repetidas vezes, – especialmente idolatrando outros deuses,  e mesmo Deus os tendo alertado diversas vezes através dos seus profetas, preferiram agir em desobediência e rebeldia, acreditando que seus pecados ficariam impunes.
O que me chama a atenção nestes versos, é a ordem de Deus: "Comecem pelo meu santuário". Isto vai de encontro com o que está escrito em 1 Pedro 4:17: "Pois chegou a hora de começar o julgamento pela casa de Deus; e se começa primeiro conosco, qual será o fim daqueles que não obedecem ao evangelho de Deus?" e em 2 Coríntios 5:10: "Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal."
Os anjos foram ordenados à ceifar vidas primeiramente no santuário. Fica implícita aqui, nossa grande responsabilidade como cristãos e servos de Deus perante o pecado. Tenho costumado usar a frase: "Não é o cristão que deve se moldar ao mundo, mas o mundo é que deve se moldar à maneira do cristão". E é verdade! Nós como já conhecedores da Palavra de Deus, já redimidos através da obra da cruz, já conscientes do pecado e vivendo na luz, temos a responsabilidade de negarmos à toda oferta do mundo e de Satanás sobre nossas vidas!
Lembro-me de ter comentado com pessoas próximas, algumas vezes, do quanto Deus tem exigido de mim no que é concernente a Deus. Muitas vezes me senti como se nada do que eu fizesse à Deus fosse suficiente. E na verdade, nunca será. O fato é que quanto mais caminhamos com Jesus, mais nosso Espírito nos cobra de fazermos a obra e de nos mantermos firmes! E de fato, pelo motivo de como falei, sermos conhecedores da Palavra e termos aceitado a salvação proveniente de Cristo, nos é exigido um compromisso maior. Não digo com isso que os não crentes ficarão impunes do pecado, quero dizer que nos é grandemente cobrado que tenhamos uma vida santa e pura, diante de Deus.
Dias atrás, chamou-me muito a atenção o que diz em Tiago 3:1: "Meus irmãos, não sejam muitos de vocês mestres, pois vocês sabem que nós, os que ensinamos, seremos julgados com maior rigor." Ao escrever esta carta, Tiago deveria se dar conta do quanto pode ser difícil manter-se firme e com vida santa, mesmo aqueles que caminham com Deus. Mas penso que, já que escolhi falar de Deus,  não importando se é através deste blog que você está lendo, se é dando um bom testemunho àqueles que passam pelo meu caminho, ou se Deus irá me usar de outras formas para falar do Seu Evangelho, – de todo modo, preciso sim, dar um bom exemplo. As vezes sinto-me até cobrada, me pego pensando antes de ceder à algo que Deus não aprova: "Não farei isso, porque escrevo num blog cristão, preciso ser exemplo".

Parece que é esta a mensagem que Deus tem trazido às fiéis igrejas, e àqueles que se colocam à frente alertando o povo: precisamos, urgentemente, abandonar todo e qualquer pecado! Esta semana ainda, estive assistindo um programa gospel, no qual um pastor dizia: "Não abuse da graça de Deus!" 
Algo que realmente denuncia aqueles que fazem parte da igreja fiel de Cristo, é o nojo do pecado. É a aversão à maneira com que o homem tem vivido! Ontem, mesmo, eu estava em um restaurante e a TV estava ligada logo à minha frente. Em questão de segundos,  precisei nem mesmo de um minuto, para sentir profundo nojo daquela novela da globo que estava passando. E é isso que o mundo tem aprovado: novelas trazendo imoralidade sobre casamentos, programas carnais e repulsivos como o BBB estimulando à prostituição, vícios, e todo tipo de abominação; igrejas pregando mentiras, e o coração –  mesmo de "cristãos", – cada vez mais endurecidos e menos parecidos com o de Jesus!

Só Deus pode transformar essa geração! Mas o querer dessa mudança, precisa partir de cada um de nós! Que Deus dê a mim e a toda a Sua igreja um coração puro, e nos leve à trilhar em caminhos de retidão e justiça! Que possamos ser verdadeiros exemplos, como diz a Palavra: "...no procedimento, no amor, na fé e na pureza" (1 Timóteo 4:12)! Não envergonhados ou preocupados diante do que temos vivido, mas certos de que, no Grande dia, teremos feito muito pela Obra e semeado muitos frutos para a glória de Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário passará por aprovação antes de ser postado.
Que Deus te abençoe!