11 de out de 2013

Dica de Livro | Praticando a Presença de Deus


Se você deseja conhecer o Senhor de um modo mais profundo, este livro é um convite para juntar-se aos muitos cristãos que leram este livro mais do que qualquer outro - com exceção das Escrituras - como meio de iniciar uma jornada para as profundezas de Cristo.

Imagine um livro de 300 anos de idade, que nunca deixou de ser publicado! É o caso deste livro que está em suas mãos. (...) Não somente as experiências do Irmão Lawrence - século XVII - foram incluídas nesta edição, mas também as de Frank Laubach, do século XX - que, como o Irmão Lawrence, escreveu uma série de cartas que relatam suas experiências na prática da presença de Jesus Cristo. [Parte da sinopse do livro "Praticando a Presença de Deus, Irmão Lawrence & Frank Laubach].
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Minha opinião: Certamente vale muito à pena ler este clássico da literatura cristã! Através de dois homens distintos - conforme lemos acima, experiências e práticas da presença de Deus são relatadas de modo inspirador! É muito importante à nós, cristãos, o conhecimento de que a presença de Deus pode ser muito mais ampla e profunda do que pensamos, e não limita-se apenas aos momentos de oração e em que vamos à igreja louvá-Lo. Há muito para ser alcançado por nós ainda. Lendo este livro, você verá que geralmente, estamos apenas na superfície da glória de Deus.

Separei alguns trechos que achei interessantes:

Capítulo 8, "Ajuda Prática".
Tente trazer Cristo à mente por pelo menos um segundo a cada minuto. Você não precisa esquecer as outras coisas nem interromper seu trabalho; apenas convide-O para que compartilhe de todas as coisas que você faz, diz ou pensa. (...) Esta prática da presença de Cristo toma todo nosso tempo, mas não toma o tempo de nosso trabalho. Faz com que Cristo esteja presente em nossos empreendimentos e que esses sejam desempenhados com maior sucesso.
A prática da presença de Deus não está em prova. Já foi provada por inúmeros santos. Na verdade, os homens espirituais de todas as épocas a conheceram. Os resultados deste esforço começam a ser visíveis dentro de um mês. Tornam-se valiosos depois de seis meses e maravilhosos depois de dez anos. Este é o segredo dos maiores santos de todas as épocas. "Orem continuamente" (1Ts 5:17), disse Paulo, "em tudo (...) apresentem seus pedidos a Deus" (Fp 4:6). "Porque todos os que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus" (rM 8:14).
É uma experiência prazerosa e um exercício espiritual divertido; porém, logo descobrimos que vai muito além disso. Algumas pessoas compararam-no à saída de uma prisão escura ao início da vida. Vemos ainda o mesmo mundo, contudo ele não é o mesmo, pois tem um novo e maravilhoso colorido e um significado muito mais profundo.
-----------------------------------------------------------------------------------------------------
*Reparei que conforme este dois cristãos avançam no conhecimento de Deus e na intimidade com Ele, mesmo o sofrimento passa a ter um significado nobre e de honra. Tudo o que vivemos é permitido pelas mãos de Deus, portanto cria-se uma confiança e submissão nestes homens, que nem mesmo momentos difíceis podem tirá-los dessa doce entrega.

Boa leitura e alcance a vida cristã profunda!

2 de out de 2013

Há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu.


"Para tudo há uma ocasião certa; há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu: Tempo de nascer e tempo de morrer, tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou, tempo de matar e tempo de curar, tempo de derrubar e tempo de construir, tempo de chorar e tempo de rir, tempo de prantear e tempo de dançar, tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntá-las, tempo de abraçar e tempo de se conter, tempo de procurar e tempo de desistir, tempo de guardar e tempo de jogar fora, tempo de rasgar e tempo de costurar, tempo de calar e tempo de falar, tempo de amar e tempo de odiar, tempo de lutar e tempo de viver em paz." [Eclesiastes 3:1-8 NVI]. Para cada propósito que iremos viver, existe um tempo designado por Deus para acontecer. É necessário entregarmos nossas vidas como um sacrifício vivo ao Senhor, e assim permitir que Ele nos coloque nos caminhos que traçou a cada um de nós. O centro da vontade de Deus é o melhor lugar para estarmos. O momento ideal, é viver cada propósito no tempo soberano de Deus. Entregue sua vida à Deus, e dê total liberdade para que Ele cumpra Seus planos em sua vida. Isso exige fé e confiança, mas também garante-lhe a certeza de que um Deus infinito em sabedoria, e que tem os caminhos e planos maiores do que os seus, está cuidando de tudo. Você sabe definir o tempo em que está vivendo? Por acaso você precisa plantar, ou desfazer algo que você plantou? [arrancar] Será que é tempo de derrubar ou de construir? Abraçar ou conter-se? Procurar ou desistir? O mais importante é viver o tempo que Deus designou à nós. O tempo Dele é perfeito. Mesmo o tempo de morrer, arrancar, matar [nossa carne, hábitos nocivos], derrubar, chorar, prantear, rasgar, calar, e lutar, podem trazer-nos um abençoado fim. Tempo bom ou não, peça ao Senhor quanto ao tempo que Ele tem pra você neste momento. [Leia esta e várias outras postagens no Instagram @filhadosoberano (http://instagram.com/filhadosoberano)].
----------------------------------------------------------------------------------------------------------
Tenho vivido o tempo de plantar, construir, e de certo modo, também tenho vivido o tempo de calar. 

Já faz algum tempo que tenho me ausentado parcialmente das redes sociais, e inclusive, de minhas postagens antes assíduas no Instagram, para me dedicar mais à Deus e a minha casa e esposo.

Não se trata apenas de digitar um texto "qualquer", e a parte que me cabe de evangelizar está feita. Sempre escrevo a respeito de temas que Deus tem falado ao meu coração, oro por essas vidas que estão sendo ministradas, busco inspiração através do Espírito Santo lendo a Bíblia e orando, e em cada postagem, entre escolher o tema, orar, escrever, desenvolver a imagem, e efetivamente postar, gasto um tempo considerável.

Depois do texto postado, ele falará ao coração das pessoas. Sempre peço à Deus por isso. Precisa haver confronto, despertamento, consolo, renovo... Nesses momentos confio nas palavras do próprio Deus a este respeito:

"Assim como a chuva e a neve descem dos céus e não voltam para ele sem regarem a terra e fazerem-na brotar e florescer, para ela produzir semente para o semeador e pão para o que come, assim também ocorre com a palavra que sai da minha boca: Ela não voltará para mim vazia, mas fará o que desejo e atingirá o propósito para o qual a enviei." [Isaías 55:10-11]

Se o Senhor não estiver falando através da minha vida, meu discurso é nulo.

E neste tempo escrevendo, tenho sido abençoada com os frutos que o Senhor colocou em minhas mãos. Frutos esses, resposta de muitas orações, meditações, e de um desejo inflamado de alcançar almas.

Não abandonei o sonho. Não desisti do Reino. Tampouco cumprirei [sem desconsiderar] minha vida ministerial apenas às redes sociais. 

Mas para oferecer mais, precisamos buscar mais em Deus. 

Chega um momento, em que o vinho velho vai saindo do odre, e nos sentimentos meio vazios, secos. Mas para o vinho novo transbordar no odre, é necessário que o vinho velho saia por completo. E não somente isso, mas para que o vinho novo [a unção, o Espírito Santo] habite em nossas vidas, é necessário que o odre [nosso coração], também seja novo, e esteja transformado pelo caráter de Cristo.

"E ninguém põe vinho novo em vasilhas de couro velhas; se o fizer, o vinho novo rebentará as vasilhas, se derramará, e as vasilhas se estragarão." [Lucas 5:37]

Qual é o tempo que você está vivendo agora, querido (a)? 

Estou experimentando que o tempo de calar também se faz necessário enquanto meu novo odre toma forma.

Você sente-se seco, vazio, sem o fluir do Espírito? Então é tempo de encher-se do Espírito Santo!