18 de dez de 2015

Vigiai e Orai!



“Portanto, submetam-se a Deus. Resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês.” (Tiago 4:7).

"Vigiem e orem para que não caiam em tentação. O espírito está pronto, mas a carne é fraca.” (Mateus 26:411).

"Eis que venho como ladrão! Feliz aquele que permanece vigilante e conserva consigo as suas vestes, para que não ande nu e não seja vista a sua vergonha." (Apocalipse 16:15).

Na maioria das vezes, conseguimos reconhecer os ataques óbvios do inimigo. No entanto, é mais difícil reconhecermos os mais sutis, quando estamos sendo seduzidos a aceitar algo que acabará nos desviando do caminho certo ou nos destruindo. Esteja atento (a) e peça a Deus que o (a) ajude a discernir o trabalho do inimigo em sua vida.

(Extraído do devocional “Bom dia”, de Stormie Omartian).

15 de dez de 2015

Contente-se! =)


Contentamento é o estado de estar contente, satisfeito e grato pelo o que possui e perante a situação presente.

Está escrito: "Grande fonte de lucro é a piedade com o contentamento. Porque nada temos trazido para o mundo, nem coisa alguma podemos levar dele. Tendo sustento e com que nos vestir, estejamos contentes" (1 Timóteo 6:6-8). "Seja a vossa vida sem avareza. Contentai-vos com as coisas que tendes; porque ele tem dito: De maneira alguma te deixarei, nunca jamais te abandonarei" (Hebreus 13:5).

A palavra " contentamento" em nossa sociedade materialista, hedonista e superficial, tornou-se quase absurda e totalmente impopular. São poucos os que se contentam com o que tem, e muitas vezes gastam o dinheiro que não possuem para passarem a imagem do que na verdade não são.

O sentido deste texto não é afirmar que não devemos sonhar e melhorar nossa condição de vida, o sentido do que escrevo, é que precisamos nos atentar para que o desejo de prosperar não se transforme em uma armadilha de dívidas, inveja, cobiça, ganância, ambição desenfreada, entre outros males.

Convido você a mudar o foco. Não se atente para o que você não tem, para o que não é, para o que perdeu. Olhe para o que você já tem e para tudo o que você é em Deus.

Muitas pessoas não vivem uma condição financeira alta, mas suas contas estão pagas, o alimento está todos os dias sobre a mesa, elas possuem um sustento, uma renda. Outras, talvez tenham perdido o vigor e a saúde de anos atrás, mas estão se levantando da cama todas as manhãs, não estão internadas em hospitais e conseguem ter alguma qualidade de vida. Outros, ainda, não possuem um bom relacionamento com seus cônjuges e filhos, mas, ainda assim eles tem um ao outro, os conflitos podem ser resolvidos, eles possuem a graça de ter uma família. 

Você percebe que se trata de uma questão de foco? Se você alimentar a gratidão, o contentamento e a satisfação dentro de si, seu coração se encherá de alegria e você estará bem consigo mesmo, com o próximo e com Deus. Mas se você focar naquilo que não possui, tiver uma visão pessimista a respeito das coisas e tiver uma atitude insatisfeita e ingrata, você não será feliz e jamais estará bem consigo, com Deus e os outros ao seu redor!

Queira prosperar espiritual e materialmente sim, mas, sobretudo, seja grato (a) e fique contente com o que Deus já te deu! 

Deus te abençoe,
Priscila Grah

13 de dez de 2015

Seja luz!


Jesus afirma que ele é a luz do mundo e quem o segue não anda em trevas, pelo contrário, terá a luz da vida (Jo 8:12). E no sermão da montanha, revela que nós somos a luz do mundo. E ao enfatizar a importância de sermos luz, o Mestre declara que ninguém acende uma candeia para colocá-la debaixo de uma vasilha e sim em local apropriado, para iluminar a todos os que estão em casa. A nossa influência no meio em que vivemos deve ser sempre positiva, colocando luz e eliminando toda treva. A luz prevalece sobre as trevas (Jo 1:5).

Muitos, lamentando-se, dizem: “Apenas eu conheço a Jesus em minha família”; como se isso fosse algo ruim. Nunca fale assim. Glória a Deus por você ser o único que crê. Antes só havia trevas, agora a luz começou a brilhar. Maior é o que está em você do que o que está no mundo, (1 Jo 4:4). Nunca diga: “o inimigo está agindo de tal maneira em minha casa que não aguento mais ficar lá”. Quem tem de sair é o inimigo e não você porque a luz prevalece sobre as trevas.

Precisamos ser influência positiva no ambiente em que vivemos. A nossa presença tem de influenciar o mundo espiritual ao nosso redor. A luz que há em nós tem de brilhar. Em nome de Jesus.

Extraído do livro “14 Dias de Intimidade com Deus”, Pr. Magid Saab.

11 de dez de 2015

Novo de Deus!


Mais uma vez o Senhor me levou a meditar e escrever sobre coisas novas. Deus nos convida a não olharmos mais para o nosso passado, a deixarmos para trás o que se foi, e a avançarmos para o novo que Ele tem para cada um de nós.

“Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.” (Filipenses 3:13,14).

Hoje o Senhor me levou a meditar que, é possível que façamos do passado um ídolo quando permitimos que ele dite como nos sentimos HOJE, quando nossos pensamentos e nossa atenção se volta demasiadamente para ele, e mesmo diante das vitórias que tivemos, devemos agradecer por elas, testemunhá-las, e então prosseguirmos para a próxima.

Nosso Deus é um Deus de coisas novas, e Ele deseja fazer algo novo em nossas vidas, mas para isso precisamos nos despojar do velho e daquilo que não condiz com a vontade de Deus para as nossas vidas!

"Ninguém põe remendo de pano novo em roupa velha, pois o remendo forçará a roupa, tornando pior o rasgo. Nem se põe vinho novo em vasilhas de couro velhas; se o fizer, as vasilhas se rebentarão, o vinho se derramará e as vasilhas se estragarão. Pelo contrário, põe-se vinho novo em vasilhas de couro novas; e ambos se conservam". (Mateus 9:16,17).

Creio que este é um tempo de virar a página para muitos de nós. Devemos confessar, orar, entregar a Deus o que se foi, e decidirmos por seguir adiante, para as coisas novas de Deus para nós. Mas enquanto estivermos com nossos olhos no passado, nada novo se fará!

Concentre-se para entender o tempo em que você está vivendo, e peça ajuda a Deus para se desfazer do velho, do pecaminoso, do que passou, para que o novo bom, perfeito e agradável de Deus, surja diante de você!

Deus te abençoe e guarde,
Priscila Grah

8 de dez de 2015

Espere em Deus mesmo quando Ele parece não responder!


Por isso, não abram mão da confiança que vocês têm; ela será ricamente recompensada. Vocês precisam perseverar, de modo que, quando tiverem feito a vontade de Deus, recebam o que ele prometeu. (Hebreus 10.35-36)

Você já orou várias vezes por uma situação, uma pessoa, uma necessidade ou um sonho, e ainda não viu uma resposta para suas orações? Quando a impressão que temos é de que nossas orações não estão sendo respondidas há um bom tempo, talvez a nossa vontade seja de desistir ou ficar chateadas com Deus ou perder o ânimo, em vez de ficar firmes enquanto esperamos.

Já passei por isso, e descobri que a única maneira para sair da frustração, da amargura e do desânimo é por meio do louvor. Quando louvo a Deus, fica mais fácil reconhecer o pecado da dúvida e da frustração para eu poder confessá-lo. A adoração ajuda-me a reconhecer que Deus é maior que qualquer uma das coisas pelas quais estou orando. Ela me ajuda a confiar que Deus ouviu minhas orações e responderá à sua maneira e no seu tempo.

Quando adorarmos a Deus ao primeiro sinal de frustração e desânimo, ele abrirá nossos olhos para a verdade e irá ajudar-nos a ver coisas por uma perspectiva mais próxima a dele. Por isso, continue a perseverar em oração.

Quando nossas orações não são respondidas, muitas vezes pensamos que Deus não nos ama ou não se preocupa conosco e com as coisas que são importantes para nós. Mas é exatamente o contrário. Nada diminui seu amor por nós. Embora tenhamos o privilégio de orar, não temos o direito de dizer para Deus como ele deve responder às nossas orações. Isso cabe a ele. Cabe a nós orar e louvar. Precisamos fazer o nosso trabalho e deixar que Deus faça o dele.

ORAÇÃO
Senhor, não quero limitar o teu agir em minha vida por causa de minha falta de fé. Ajuda-me a ter esperança, ser paciente e perseverante na oração. Sejam ou não minhas orações respondidas, eu te louvarei.

Devocional: Bom Dia – Stormie Omartian
www.mundocristao.com.br

4 de dez de 2015

PERSEVERE! :)


“E tomou Terá a Abrão seu filho, e a Ló, filho de Harã, filho de seu filho, e a Sarai sua nora, mulher de seu filho Abrão, e saiu com eles de Ur dos caldeus, para ir à terra de Canaã; e vieram até Harã, e habitaram ali.” (Gênesis 11:31).

Terá havia traçado uma meta para si e sua família de sair de Ur dos caldeus e ir até Canaã, mas ele e sua família pararam no meio do caminho e passaram a morar em Harã. Logo depois, em Gênesis 12, Deus ordena que Abraão vá à Canaã, a Terra Prometida por Deus ao povo de Israel, e diante disso fica subentendido que esse plano de Terá mudar-se à Canaã foi inspirado pelo próprio Deus.

Às vezes também criamos metas importantes para as nossas vidas e até nos posicionamos para o cumprimento delas, mas quando estamos na metade do caminho somos tentados a parar, a desistir de prosseguir. 

Terá deve ter achado que a terra de Harã era boa, que não havia necessidade de prosseguir. Às vezes nos conformamos apenas com o vislumbre do que Deus tem para as nossas vidas e desistirmos de ir à nossa Canaã.

Segundo o dicionário, perseverança significa “não desistir com facilidade”, em outras palavras, não pegar atalhos, não permitir que o cansaço, o desânimo, a preguiça e a falta de disciplina nos domine.

No texto anterior escrevi sobre a importância de fazermos algo novo para vivermos a novidade que queremos. Não importa se trata-se de uma reeducação alimentar, do desejo de passar em um concurso concorrido, do sonho de adquirir alguma coisa, do anseio de viver novas experiências com Deus. Tudo isso exige um posicionamento, uma atitude, um caminhar sem desistir rumo ao alvo.

Que eu e você não desistamos do foco, da nossa Canaã, dos sonhos que Deus colocou dentro de cada um de nós! E que quando estivermos cansados, abatidos, desgastados pela caminhada, renovemos nossas forças em Deus (Is 40:31), e prossigamos!

Deus os abençoe!
Priscila Grah

1 de dez de 2015

Faça algo novo para o ano novo! =)


Hoje é o primeiro dia do mês de dezembro e o último mês deste ano. Estamos na época em que normalmente avaliamos o ano que se passou, se alcançamos nossas metas e se cumprimos com o que havíamos proposto à nós mesmos. O fato é que, se quisermos viver algo novo, precisamos fazer algo novo. 

Está escrito: “Todos os que competem nos jogos se submetem a um treinamento rigoroso, para obter uma coroa que logo perece; mas nós o fazemos para ganhar uma coroa que dura para sempre.” (1 Coríntios 9:25).

O contexto em que gostaria de meditar acerca dessa passagem, é sobre o fato dos atletas se submeterem a um treinamento rigoroso para vencerem. Ou seja, para todo objetivo, para todo alvo que temos, existe uma atitude que precisa ser tomada, uma disciplina, um posicionamento de nossa parte para que conquistemos nossos objetivos.

Por exemplo, podemos desejar que no próximo ano tenhamos maior intimidade com Deus, tenhamos nossos dons ativados e sejamos usados na obra do Senhor, mas se não gastarmos tempo na presença de Deus em oração, meditação da Palavra, se não desenvolvermos um relacionamento íntimo com Ele, se não nos dispormos com nossos dons e talentos para O servirmos, nada mudará em nossa vida espiritual.

Podemos, ainda, desejar algo no âmbito material, como uma promoção no trabalho ou uma reforma, a compra de algo, mas se não estudarmos, nos qualificarmos, não nos disciplinarmos a economizar a quantia que precisamos para adquirir o que ansiamos, também nada mudará.

Também será impossível darmos bons frutos, vivermos em um lar pacífico e harmonioso, termos bons relacionamentos, se não escolhermos caminhar com Deus e permitir que Ele gere Sua natureza em nós para que produzamos frutos que O glorifiquem!

Às vezes prometemos à nós mesmos que no próximo ano seremos pessoas melhores, cuidaremos melhor de nossa saúde, que faremos boas escolhas, mas não mudamos de atitude e ficamos impossibilitados de viver o novo que Deus tem para nós.

Deus transforma sim, Ele é um Deus de coisas novas, mas nós temos livre arbítrio nas tomadas de decisão que surgem, podemos escolher se ficaremos estagnados, indiferentes, apáticos ou se mudaremos, se iremos perseverar, se vamos nos posicionar.

Que diante de qualquer mudança que ansiamos em nossas vidas, possamos tomar uma atitude dando o primeiro passo, e orando para que Deus nos conceda força e graça nesse caminho.

Deus te abençoe!
Priscila Grah