27 de set de 2016

Promoção de livros no site! :D



Confira essas e outras #promoções de livros em nosso site: http://livrariafilhadosoberano.iluria.com

Compartilhe com seus amigos e aproveite nossos preços especiais! :D

23 de set de 2016

Dica de livro: Sua Vida, Sua Família, Seu Propósito


Carregamos muito de nossa família de criação em nossas vidas, e por isso é importante mantermos o que é bom, e nos desfazermos das possíveis feridas, mágoas, das marcas negativas que trouxeram más consequências. E esse livro é um bom aliado nesse sentido! Adquira já o seu!

Sinopse: A família é o laboratório da nossa missão, e é nela que Deus nos molda para enfrentarmos a vida e os desafios desconhecidos. Deus usou nossa família, nossa casa, nossos pais e irmãos para nos lapidar e nos preparar para enfrentar as grandes situações que virão em nossas vidas.

Normalmente, trazemos em nossa história de vida mágoas dos irmãos e dos pais, da maneira como nos tratavam, de suas ausências, da excessiva disciplina, dos conflitos, e mantemo-as vivas dentro de nós até hoje. Muitas vezes não podemos entender por que Deus, em sua soberania, permitiu aquelas situações. Deus não endossou os erros de nossos pais, que com certeza fizeram o melhor, mas Ele usou aquelas situações para nos calejar para o futuro que iremos enfrentar.

Só seremos totalmente livres para voar em busca de nossa missão quando as falhas emocionais de nossas famílias forem completamente resolvidas dentro de nós.
-----------------------------------------------------------------
Para aquirir acesse http://livrariafilhadosoberano.iluria.com ou através do WhatsApp (11) 9 5989-7379.

6 de set de 2016

Identidade cristã! :)


Meditando nos capítulos 17 e 18 de 1 Samuel podemos perceber um evidente contraste entre o comportamento de Davi e o de Saul. E é muito importante entendermos que a grande diferença entre o comportamento de um e de outro está na identidade de cada um deles, do quanto cada um tinha sua identidade bem firmada ou não em Deus!

No capítulo 17 lemos a história de Davi, um jovem franzino, que cuidava de ovelhas, que não tinha o reconhecimento da família, que não era um honrado guerreiro como seus irmãos. E apesar de sua aparência física, do desvalor e indiferença por parte de sua famíia, apesar de sua ocupação não ser honrada e admirada como a de seus irmãos, Davi era um adorador que se relacionava com Deus. Ele não precisava ir à batalha para saber quem ele era em Deus e qual o potencial que o Senhor havia depositado nele. Ele matou um leão, um urso, e o temível gigante Golias! E isso porque ele tinha sua identidade bem firmada em Deus, e porque ele acreditava sinceramente que Deus o amava e estava com ele. Diante do grande desafio de lutar com Golias, Davi cuidou de render toda a glória daquela batalha à Deus.

Por outro lado temos Saul, um belo rei de grande estatura, um brilhante guerreiro, um homem escolhido pelo próprio Deus para governar Israel. Certamente possuía riquezas, conforto, prestígio e poder. Mas apesar disso era um homem inseguro, superficial em seu relacionamento com Deus, e como podemos ler no capítulo 18, um homem invejoso e vingativo. 

A Bíblia diz que Davi tinha êxito em tudo o que fazia pois o Senhor estava com ele, e vendo isso, Saul teve muito medo dele (1 Sm 18:14). Perceba que, ao invés de Saul se relacionar com Deus e rasgar-lhe o coração revelando suas misérias, fraquezas e pecados em uma posição de rendição e arrependimento, Saul temeu a Davi que possuía esse tipo de relacionamento com Deus e o invejou.

Saul tinha uma pesada armadura, um capacete de bronze, espadas, armamento de ataque e de defesa. Davi tinha cinco pedras e uma atiradeira nas mãos. Por isso entenda, não importa os recursos que temos à nossa disposição, se ocupamos uma posição privilegiada à olhos humanos ou não; pouco importa nossa aparência física ou eloquencia! O fator determinante para uma vida plena e vitoriosa avante aos propósitos de Deus para nós, é o conhecimento da nossa identidade em Deus e nossa segurança diante dessa verdade. 

De maneira prática, precisamos buscar no Senhor as respostas para as nossas dúvidas acerca de nossa própria identidade: qual o nosso propósito, chamado, de que modo podemos servir nossa sociedade (não apenas espiritualmente, mas também profissionalmente), precisamos de uma revelação genuína do amor de Deus individual, e sobretudo, entendermos e agirmos simplesmente como filhos de Deus!

Enquanto não tivermos essas respostas bem respondidas dentro de nós, teremos que conviver com um vazio existencial do tamanho exato do amor e da identificação de Deus para nós, e nos piores casos, com a insegurança, ira e inveja de Saul, que por não saber quem ele era em Deus e qual era a importância da sua missão, cobiçou o outro e aquilo que Deus havia chamado o outro para fazer!

Que Deus fale ao teu coração poderosamente.

Deus te abençoe!
Priscila Grah